12.1.06

Bad, bad news

As ações das principais empresas de comunicação nos EUA sofreram forte baque no ano passado. É o que mostra levantamento feito pelo colunista do Poynter.org, Rick Edmonds. A pior performance foi do classudo NY Times, que sofreu uma perda de 35% do seu valor de mercado.
Em relação ao pico atingido em dois ano a queda no preço do papel foi maior: 47%. Para os analistas, uma das explicações poderiam ser aquisições no universo virtual.

O grupo Tribune teve perda de 30% e o Gannett de 25% em relação ao ano anterior.

Leia aqui a íntegra do interessante artigo

Homens surfam, mulheres mergulham

Estudo da consultoria Pew sobre hábitos de navegação na internet mostra que homens e mulheres têm relação completamente diferente com a rede. Os homens usam a internet como ferramenta e fonte para atingir determinados objetivos. Mulheres já a enxergam como um meio de comunicação e contato com o mundo.

Os homens gostam da agilidade e rapidez para pesquisar e encontrar soluções para problemas no trabalho ou para achar informações sobre esportes, pesquisar softwares e baixar música.

As mulheres gostam de descobrir novos formatos, novas formas de navegar e mergulhar em novos conteúdos e ir nos sites até esmiuçar suas estruturas.

Loucos por notícias online

Por que eu amo @@@@@???
A pergunta foi feita a alguns editores de sites por um blog de amantes da web.

Eu sou um deles.

Amo notícias.com, sem nenhuma vergonha e muita convicção pelas infinitas possibilidades de edição, de interação com o leitor, de convergência de conteúdo, de provocação e de liberdade.

Mesmo com todas as dificuldades de um negócio que não se firmou, que não tem a credibilidade nem os salários dos jornais impressos e da TV, que é visto como uma mídia menor.

Amo sua agilidade, mobilidade e ousadia.

E sem qualquer despeito: já tive a grata oportunidade de trabalhar em redações de jornais e de uma revista de muito prestígio e não tenho saudade.
E você????
Aqui a opinião de quem compartilha o mesmo sentimento