9.10.05

Integrando redações no Estadão

A reboque de uma forte reestruturação interna, o Estadão anunciou há cerca de um mês a integração das redações (online e impresso).
Ousadia? Inovação? Hummm, não arrisco, mas tenho a impressão que é muito mais marketing que uma operação de fato pensada para fazer um jornalismo de melhor qualidade.
Falo isso sem qq dor-de-cotovelo ou remorso.
Para mim, o Estadão é o único jornal brasileiro que ainda traz algum atrativo e diferencial para o leitor do papel.
Mas o fato é que a companhia precisa enxugar e enxugar custos. E acaba vendo na integração uma forma de obter o bom e velho bordão do "mais por menos" (o NYT depois do lindo anúncio de integração anunciou que vai cortar 700 postos, uns 70 na redação).
É óbvio que de alguma forma será produzida uma nova forma de fazer online e impresso. Mas a reação dos coleguinhas foi péssima e não ouvimos notícia de nenhum trabalho visando melhoria da cultura interna ou análise dos novos processos pelos profissionais que vão dividir ombros e baias na única redação.
Por isso, insisto: sinergia mal pensada e conduzida é mais problema que solução.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Hi,

You have a nice blog and I believe that you DESERVE more in life; that is why you are receiving this today.

Click NOW to know more on Why Bill Gates Remains theRichest today.

Consider yourself MADE! Imagine the FREEDOM!!!

23:20  
Anonymous Anônimo said...

Short movie envisions the growing Google 'EPIC'
As Google Inc. positions itself to be a total online content provider, the question of what is next for the search engine giant might be at least partially forecasted by U.S. journalists Matt Thompson and Robin ...

take a look at my site horse property

23:20  

Postar um comentário

<< Home